sexta-feira, 5 de junho de 2015

Davi e Jônatas, homossexuais?


Davi e Jônatas, homossexuais?

Nota: Este autor, embora de orientação heterossexual, repudia discriminações à opção sexual alheia. As linhas que se seguem visam tão somente demostrar que o homossexualismo rejeitado pela maioria de nós e abominado por religiosos pode ter sido a opção sexual de um dos seus maiores exemplo de fé.

Muito se ouve dizer sobre grandes vultos históricos como Alexandre o Grande e Nero sendo homossexuais, assim como o guerreiro grego Aquiles e até mesmo Hitler. Mas pouco se ouve falar que uma importante personalidade bíblica, exemplo de fé entre judeus e cristãos, tenha optado pela homo ou bissexualidade (homens com trejeitos de mulher) se sodomitas (praticantes de relação sexual anal, tento hétero como homossexuais) não herdarão o reino de Deus. E em Romanos 1.26 e 27 o mesmo Paulo deixa implícito que homossexuais serão castigados devido à esta opção. Mas o que diria o grande rei Davi acerca destas afirmações que não pôde conhecer por ter morrido séculos antes do nascimento de Paulo? 

Seria Amor à Primeira Vista?

Diz o autor de I Samuel que o rei Saul chamou à sua presença a Davi, ainda apenas um jovem guerreiro, devido aos seus grandes feitos em combate e por ter matado o gigante Golias. Nesta ocasião Jônatas, filho do rei Saul, ao ter visto pela primeira vez Davi, o amou: "Ora, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas ligou-se com a alma de Davi; e Jônatas o amou como à sua própria alma" (I Samuel 18.1).

Por Que o Pai de Jônatas Desejou Matar Davi?

"Falou, pois, Saul a Jônatas, seu filho, e a todos os seus servos, para que matassem a Davi. Porém Jônatas, filho de Saul, estava muito afeiçoado a Davi." (I Samuel 19.1). Segundo o autor bíblico, depois de um tempo o rei Saul passou a desejar a morte de Davi porque estava com ciúmes de sua veneração pelo povo. Porém é estranho Saul, depois de estar ciente da popularidade de Davi e de recebe-lo na família casando-o com a própria filha Milca, deseje a morte do genro. No entanto, uma lida atenciosa dos textos posteriores, pode elucidar o caso: "Então se acendeu a ira de Saul contra Jônatas, e ele lhe disse: Filho da perversa e rebelde! Não seu eu que tens escolhido a filho de Jessé (Davi) para vergonha tua, e para vergonha de tua mãe?" (I Samuel 20.30). Embora se interprete que a escolha de Jônatas seja a de Davi como rei, o contexto parece não demonstrar apenas isso. O trecho "para vergonha tua, e para vergonha de tua mãe" não tem muito sentido se a irritação se Saul fosse semente pela perda do reinado, mas fica bem mais claro se for considerada a homossexualidade de Jônatas, o que era considerado extrema vergonha para uma mãe que passou nove meses gerando um homem. Se a abominação à homossexualidade dos filhos é comum nos pais atuais, o sentimento de vergonha era mais intenso nos pais das sociedades primitivas extremamente machista dos tempos bíblicos. É possível que a decepção de Sual tenha sido dobrada porque não só descobriu que o filho era homossexual, mas também porque este se envolvia com seu próprio genro ao qual recebeu com toda hospitalidade em sua família.

A Despedida 

Por um tempo Jônatas conseguiu convencer seu pai a não matar Davi, mas Saul Voltou a se indagar e Davi precisou fugir, então Jônatas vai escondido ao encontro dele para despedir-se: "...beijaram-se um ao outro, e choraram ambos, mas Davi chorou muito mais." (I Samuel 20.41).
Alguns especialistas dizem que a última parte deste texto é de difícil tradução e pode ser entendida também como: 'mas Davi se excede'
Desta forma Davi pode ter dado mais do que beijos em Jônatas, fazendo também carícias que encontra apoio nas saudosas palavras de Davi: "Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; muito querido me eras! Maravilhoso me era o teu amor, ultrapassando o amor de mulheres." (II Samuel 1.2).

Embora o caso de Davi e Jônatas possa ser exceção, é remota a possibilidade de um heterossexual movido pela saudade, vir a dizer que o amor de seu amigo ultrapassa o amor das mulheres. 

"É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito." Albert Einstein





2 comentários:

  1. É hora de cair na real......Qual é a razão do porque a elite religiosa medieval não foi direto e claro em dizer que o rei Davi e o filho herdeiro Jônatas do rei Saul eram "gays"?
    A questão é bem simples, no momento em que fizeram a seletiva em que as incautas massas religiosas acreditam que foi tudo inspirado divinamente, em que esses mesmos livros da bíblia por sua vez essa passagem não foi isenta no que poderia ser a exceção a parte, os manipuladores religiosos se utilizaram da técnica redacional, para ocultar o que se chamam de "deslizes" negando a realidade no caso da homossexualidade dos dois, e que para dois guerreiros de guerras, pegaria bem mal para geração religiosa futura, sendo em que um deles era homem segundo "coração" de "Deus"...rsrs...Que piada,não?!
    Muitos ainda tentam de todas as formas em insistir ou de fazer vista grossa baseado no mais puro sentimentalismo religioso de que eles eram "grandes amigos" quando na verdade eles eram amantes em que um se deitava como mulher do outro, e que segundo o livro da 'capa preta' isso era abominável ao tal "Deus".
    Engraçado....Davi quando "traiu" com a Betseba e ainda matou o "marido" dela, ele foi punido indiretamente por "Deus", porem quando ele amou e transou com Jônatas....o que "Deus" de amor e justiça fez com o ato "abominável" da prática da homossexualidade?!
    Então o autor do livro ou copista do mesmo acintosamente de forma tendenciosa teve a putrefata ordem do machismo judaico fosse preservada para que a imagem do tal homem e "ungido" de "Deus" não fosse vista como um homem imundo e indigno de ser lembrado e principalmente nessas arenas religiosas de nossos dias, em que o protestantismo evangélico o rei Davi é endeusado.
    Taí o maior medo desses mercenários da "fé" a fazer que nada disso seja esclarecido ao público religioso. Por que vocês acham que o Malacraia e tantos outros tentam de tudo a sempre denegrir, ofender, os homossexuais em colocá-los numa posição de seres "dignos" de ódio e de repulsa social e religiosa? Pensem nisso!!!

    ResponderExcluir
  2. Não odeio o homossexual...mais abomino o homosexualismo....Cristo morreu por todos nós pecadores.

    ResponderExcluir

Olá caro leitor, deixe o seu comentário, será de grande importância o seu comentário aqui. Obrigado!! Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...