domingo, 31 de maio de 2015

GOSPEL: Empresa gospel vai lançar filme pornô-evangélico

GOSPEL: Empresa gospel vai lançar filme pornô-evangélico
Vem aí mais uma grande novidade gospel e que por certo fará alegria de muitos cristãos, o movimento pornô-gospel!
Neste mercado onde os cristãos começaram a introduzir literalmente falando os filmes eróticos serão produzidos para "educação" do povo de "Deus", que ao longo de mais de 2.000 anos por incrível que pareça ainda não aprenderam a transar.
De acordo com os organizadores da indústria cinematográfica "porno-cristãs", os filmes produzidos serão fundamentados no "maior respeito". Para tanto eles estabelecerem regras como: 
"Retratar só casais matrimonialmente ligados em atos sexuais". Isso significa que quaisquer parceiro sexuais, em uma produção porno-cristã deve ser marido e mulher, dentro e fora da tela. Todos os agentes devem ser casados na vida real e retratarem a vida real. E eles só devem ter relações sexuais com seus próprios conjugues".
"Retratar o sexo dentro de contexto é um casamento cristão. Deve se aparentar através de ações, comportamentos e fala dos personagens retratados que são cristão e que leva a um estilo de vida cristã, e tem um casamento no qual sua fé é o ponto principal. Isto pode ser ilustrado em uma variedades de forma, com cenas mostrando por exemplo, um jovem orando em conjunto e estudando a bíblia e frequentando a igreja ou realizando funções na igreja e outras cenas relativas de um casal cristão fazendo sexo fora do seu quarto."
"Sem obscenidades. Embora exclamações de prazer seja aceitáveis, como são os sons naturais nas expressões no ato sexual, o cristianismo pornô não deve conter obscenidade ou juramentos. Os participantes deverão abordar uns aos outros com amor e respeito em todas ocasiões."
"Não deve haver sexo extraconjugal, a não ser que seja para ilustrar as quedas de adultérios. Os casais, em uma produção pornô-cristã nunca relações adúlteras, a manos que seja para demonstrar que eles e seus parceiros sofrem e são punidos pelos seus pecados."


Movimento pornô-cristão

Infância de Jesus - APÓCRIFO




Desconstrução do Mito de Jesus Cristo




Violência e Religião





A Arca de Noé - A Verdadeira História (Vídeos)

A Arca de Noé - A Verdadeira História (Vídeos)
Temos que ter um olhar científico e não Religioso.
Este vídeo mostra a busca que os estudiosos tem para encontrar vestígios da veracidade da Arca de Noé .
Além disto , o vídeo mostra também a existência de escritos assirios sobre uma inundação e a sobrevivência de uma família em um barco. Este escrito assírio acaba confirmando a existência de uma inundação. Temos que ver a história mesmo que contada de forma diferente, com o olhar de uma religião diferente, mas podemos dizer : o fato existiu.



Confira os vídeos:







A história da Arca de Noé e do Dilúvio surgiu originalmente no oriente médio, o mesmo local aonde nasceram o Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo.


A história da Arca de Noé e do Dilúvio surgiu originalmente no oriente médio, o mesmo local aonde nasceram o Judaísmo, o Cristianismo e o Islamismo. Surge Narrada na Bíblia e no Corão. O relato de um acontecimento catastrófico decorrido no início da história da humanidade, não muito depois da criação.

De acordo com a bíblia os descendentes de Adão e Eva se desviaram da vontade de Deus, de modo que a corrupção tomava conta de toda a terra. Gênesis 6:5 – 8 “5 Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente. Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. E disse o Senhor: Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito. Noé, porém, achou graça aos olhos do Senhor.”

Na bíblia a data do dilúvio é 2348 A.C. exatamente 1652 anos após a criação da terra no ano de4000 A.C. e o relato atesta que Deus avisou Noé 100 anos antes de ocorrer o dilúvio, quando Noé tinha aproximadamente 500 anos de idade, ou seja, quando o dilúvio começou Noé tinha 600 anos de idade.

Cada centímetro da Arca foi informado por Deus a Noé, precisamente cada dimensão, altura, largura, etc...

Nos últimos cem anos, pesquisadores, arqueólogos, geólogos e historiadores foram ao Oriente Médio a procura de vestígios da Arca que hoje em 2010 teria exatamente 4358 anos de existência.

A bíblia não é precisa quanto a localização final da Arca após o dilúvio, diz apenas que a Arca repousou no alto das montanhas Ararat. Ararat era uma região, um antigo reino chamado Urartu. O monte Ararat fica localizado na Turquia Oriental.

Em 1917, um piloto russo, Vladimir Roskovitsky, relatou que, durante um vôo, pode visualizar um gigantesco objeto com o formato de Arca no cume da montanha. Nisto o Czar Nicolau II da Rússia enviou uma expedição ao local para investigar. Não se tem relatos desta expedição pois os documentos teriam sido destruídos na revolução do final do mesmo ano de 1917.

Após isso, em meados de 1950 um pesquisador francês chamado Ferdinand Navarra voltou do cume do monte Ararat com uma amostra de madeira que foi datada do início da idade do bronze. (A Idade do Bronze é um período da civilização no qual ocorreu o desenvolvimento desta liga metálica, resultante da mistura de cobre com estanho. Iniciou-se no Oriente Médio em torno de3300 a.C e na Europa em torno de 1600 a.C.), porém as provas não foram conclusivas..

O Cristianismo que Ninguém Quer

Têm-se ouvido ultimamente muita falácia a reapeito do fato de ,em países islâmicos, os cristãos serem perseguidos, torturados e mortos.
É com horror que assistimos a decapitação, desmembramento e desfiguração de corpos de pessoas reconhecidamente cristãs.
E, como não poderia deixar de ser, os crentes logo atribuem isso ao fato de estar próxima a volta de Jesus, o Armageddon e o fim do mundo. Bem .... eles estão com essa tradição arraigada em suas almas portanto é difícil argumentar algo a eles. Então vou ater-me ao leitor e seu bom senso.
Acaso estes crentes, chocados com a maldade certamente, conhecem a história de sua fé e crença? Saberão os fiéis como é que foi que o cristianismo tornou-se conhecido e, portanto, a fé confessa por quase a metade da população mundial?
Ou conhecem apenas o que o padre e/ou o pastor dizem nos sermões e cultos dominicais? Será que este mesmo cristão, horrorizado com o sangue de seu semelhante, já leu a bíblia? Ou não, pois disseram para não ler, ou deram, apenas as partes marcadas onde está o necessário ao entendimento (entenda-se direcionamento) do fiel?
O crente não sentiria nojo, náusea e aversão  ao saber que Deus, o mesmo pai de Jesus, ordenou a morte de crianças, de idosos e de mulheres ao longo do velho testamento?
Ou sentiria vergonha ao saber que o cristianismo teve seu quê de tirania depois que Roma decretou ser essa a fé do mundo, matando, queimando, destruindo e mutilando, tanto quanto outros povos fizeram no passado, para levar "a verdade" ao mundo inteiro?
Quem acha que o cristianismo, como fé, chegou aos quatro cantos do mundo (expressão errada uma vez que a terra é redonda) através da palavra, respeito e aceitação está, para dizer no mínimo, equivocado. O cristianismo tornou-se conhecido mundo afora pela espada, matança e preconceito. Ou aceitava-se a nova fé como a verdadeira ou, não tinha conversa, era a morte.


Os soldados cruzados e sua batalha para conquistar e destruir o paganismo em nome de Jesus, que muitos usam hoje para muitos fins, foram o veículo perfeito na "disseminação" da palavra de Deus. Inavadiam, destruíam, matavam e queimavam vilas inteiras; cidades eram arrasadas, pessoas mortas e culturas inteiras desapareciam mediante a "vontade de Deus".
E houve alguém para protegê-los? Houve alguém para lamentá-los? Houve alguém para sofrer sua perda?
Qual era o crime daquelas pessoas? 
Ter nascido em algum lugar que tinha sua idealização de deus de forma diferente.
Hoje dizemos:
"Meu Deus! Os loucos perseguem os cristãos!"
Mas em outro tempo dizia-se:
"Meu Deus somos cristãos e eles loucos, vamos persegui-los."
Lembrando que isso não é exclusividade do cristianismo. Sumérios foram perseguidos e perseguiram egípcios; egípcios perseguiram e foram perseguidos por assírios; assírios perseguiram e foram perseguidos por hebreus; hebreus foram perseguidos por Roma. Roma perseguiu os cristãos primitivos e depois transformou o cristianismo em fé do mundo e passou a perseguir os povos pagãos. A palavra pagão tornou-se sinônimo de algo ruim. E o cristianismo fez-se a religião oficial do planeta terra.
Nas Américas o impacto foi como o de um asteróide. Tribos indígenas inteiras desapareceram, por não aceitarem o cristianismo, as crenças pagãs locais foram absorvidas e acrescentadas ao cristianismo como forma de melhorar a nova crença para a aceitação dos nativos. Não obstante, matanças desenfreadas e sem sentido ocorreram aos montes em todos os cantos do "novo mundo", apelido dado pelos europeus à América.
Não bastassem os absurdos veterotestamentários, o cristianismo também promovia suas agruras mortandarias.
Será que o amigo leitor ainda vai achar que a história do cristianismo é de flores, coisas boas e enfeitadinhas?

Crônicas e Reflexões: Discutindo Com um Leão


O amigo leitor sabe o que é "princípio antrópico" ou"teoria antrópica"?
A teoria antrópica é o princípio que analisa as coincidências que fizeram a vida possível em nosso universo. A junção das várias coisas como eletromagnetismo, gravidade, as massas de elétrons e prótons; e por aí vai.
Em 1974 Brandon Carter, astrônomo, apresenta sua teoria antrópica dividindo-a em fraca e forte. Não por que uma tem valor de força alta e outra baixa, mas apenas como uma forma de classificar estas duas maneiras de enxergar a teoria.
E o quê exatamente Carter apresenta em sua teoria?
Bem, a teoria antrópica fraca diz que:
"Se o universo não fosse compatível com a vida, não estaríamos aqui para nos maravilharmos com sua magnitude."
E a teoria antrópica forte diz que:

Histórias Estranhas da Bíblia: Livre Arbítrio


O livre arbítrio é daqueles temas que é ainda mais confuso que o usual. Por quê?
Por que este tema NÃO ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA. Em local algum, aliás ele ainda é contradito em muitos livros bíblicos, pois Yaveh em demonstrações de seu poder infinito, atropela o direito pessoal de alguns personagens de decidir se querem ou não fazer determinada coisa.
Os grandes estudiosos bíblicos apresentam estudos enfadonhos e intermináveis, sobre como e por quê o homem usou o livre arbítrio para escolher o mal e através disso o pecado entrou no mundo, como satanás se aproveitou disso para destruir a vida humana blá, blá, blá.
Nunca atendo-se ao fato de que, ao menos no delírio grandioso dos escritores dos primeiros livros bíblicos, foi Deus ele próprio, mesmo sendo onisciente e sabendo que Adão escolheria o mal, plantou a árvore do bem e do mal no meio do jardim do Éden.

                       Adão e Eva no Éden

A FACE OCULTA DE LUTERO (O QUE OS PROTESTANTE NÃO DIZEM)


Martinho Lutero, em alemão Martin Luther, (Eisleben, 10 de novembro de 1483 — Eisleben, 18 de fevereiro de 1546) foi um sacerdote católico agostiniano que caiu em Heresia, devido por si só ter criado 95 teses na intenção de impor toda Igreja a seguir, a Igreja Católica que já tinha 1500 anos na sua época. Suas teses foram estudadas e rejeitadas pela Igreja, a insistência de Lutero ocasional a sua excomunhão.

Lutero revoltado contra a Igreja Católica fundou uma Igreja em seu nome, A LUTERANA e colocou em práticas todas suas 95 teses. Alguns chamam isso de REFORMA, mas reforma se dar quando você pega a fé que já existiu e sem modificar o sentido da uma ajeitadinha, mas quando você pega toda a fé, retira e bota outra forma de crê no lugar não é reforma e sim REVOLUÇÃO esse é o nome REVOLUÇÃO PROTESTANTE, mas vamos dizer que foi uma Reforma, sendo que mais a frente Lutero foi reformado por outro CALVIN e assim é até hoje, temos mais de 50 mil denominações que continua a se dividir, todas usam a mesma Bíblia, com a falácia sobre o nome de Jesus, mas não se entendem entre si, notem que só se entendem quando o assunto é CONDENAR A IGREJA CATÓLICA, qualquer pessoas de bem e bem intencionada desconfiaria disso, o quando a Igreja Católica é rejeitada, perseguida e condenada, MAS É A ÚNICA QUE EM 2000 MIL ANOS INSISTEM EM EXISTIR DE FORMA UNIDA.

Martinho Lutero foi anti-semita: Como era o pensamento de Lutero (Fundador do Protestantismo)? 

"A Alemanha deve ficar livre de judeus, aos quais após serem expulsos, devem ser despojados de todo dinheiro e jóias, prata e ouro, e que fossem incendiadas suas sinagogas e escolas, suas casas derrubadas e destruídas (...), postos sob um telheiro ou estábulo como os ciganos (...), na miséria e no cativeiro assim que estes vermes venenosos se lamentassem de nós 0e se queixassem incessantemente a Deus". -- de Martinho Lutero. (conselho que foi literalmente seguido quatro séculos mais tarde por Hitler, Göring e Himmler.
O historiador Robert Michael escreve que Lutero estava preocupado com a questão judaica toda a sua vida, apesar de dedicar apenas uma pequena parte de seu trabalho para ela. Seus principais trabalhos sobre os judeus são Von den Juden und Ihren lügen ("Sobre os judeus e suas mentiras"), e Vom Schem Hamphoras und vom Geschlecht Christi ("Em Nome da Santa linhagem de Cristo") - reimpressas cinco vezes dentro de sua vida - ambas escritas em 1543, três anos antes de sua morte. Nesses trabalhos Lutero afirmou que os judeus já não eram o povo eleito, mas o "povo do diabo".A sinagoga era como "uma prostituta incorrigível e uma devassa maléfica" e os judeus estavam "cheios das fezes do demónio,... nas quais se rebolam como porcos"Lutero aconselhou as pessoas à incendiarem às sinagogas, destruindo os livros judaicos, proibir os rabinos de pregar, e apreender os bens e dinheiro dos Judeus e também expulsá-los ou fazê-los trabalhar forçosamente. Lutero também parecia aconselhar seus assassinatos, escrevendo "É nossa a culpa em não matar eles."

O que a Bíblia diz a respeito de Jesus e a Igreja? 

Colossenses, 1:18. Ele é a Cabeça do corpo, que é a Igreja; é o princípio, Primogênito dentre os mortos, de sorte que em tudo tem a primazia.
Com base na passagem acima veja!
I Coríntios, 12:20. Mas, de fato, há muitos membros e, no entanto, um só corpo. 21. O olho não pode dizer à mão: "Não preciso de ti", nem a cabeça dizer aos pés: "Não preciso de vós".

UNIDADE E UMA SÓ IGREJA

Efésios, 4:4. Há um só corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados. 5. Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo 

ALERTA PARA NÃO PARTICIPAR DA DIVISÃO!

I Coríntios 12:
25.para que não haja divisão no corpo, mas, pelo contrário, os membros sejam igualmente solícitos uns pelos outros.

O QUE DIZ A BÍBLIA EM RELAÇÃO A DIVISÃO

São Mateus, 12: 
25. Conhecendo seus pensamentos, Jesus lhes disse: "Todo reino internamente dividido ficará destruído; e toda cidade ou família internamente dividida não se manterá.

(São Lucas 11,17)

Mas, conhecendo seus pensamentos, ele disse-lhes: "Todo reino dividido internamente será destruído; cairá uma casa sobre a outra.



http://libertesuamente13.blogspot.com.br/2013/03/a-face-oculta-o-que-os-protestante-nao.html


Histórias Estranhas da Bíblia: Preconceito contra as Mulheres


Sempre que lemos a história de uma mulher na bíblia nos deparamos com algo ruim, com algum mal que ela tenha praticado ou algum pecado cometido. Exceto as histórias de Rute, Ester, Judite e Maria(mãe de Jesus). As demais são feiticeiras, traidoras, demoníacas, prostitutas e criminosas. Sempre atrapalhando, causando dissabores, dissensões e até guerras.
Mas qual é a razão disso? 
Essas histórias são verdadeiras?
As mulheres dos tempos antigos eram mesmo tão temíveis, perigosas, dissimuladas e despudoradas?

Ou há algo diferente, a história é diferente e aquilo que tomamos como verdade está distorcido e moldado pelo preconceito machista e pela estupidez bárbara dos tempos bíblicos?
O mundo do patriarcado judaico-israelita era sem dúvidas um lugar perigoso para as mulheres. Dominadas, torturadas, escravizadas, tiranizadas, desrespeitadas e levadas ao extremo da injustiça por seus pais e, depois, por seus maridos; não imagino tempo pior para uma mulher viver que os tempos abraâmicos, pré-judaicos e judaico-Israelitas. 
Desde o princípio elas levaram a culpa pela insensatez e despreparo dos homens.
Veja o caso de Eva:
Foi feita em segundo lugar, da costela de Adão, ou seja foi feita do homem e deve-lhe reverência pelo fato, era menos que uma companhia, era uma ajudadora e, por fim, levou a culpa pelo pecado do marido.
Gênesis cap 2 vers 18 a 23
Gênesis cap 3 inteiro
A primeira coisa que Adão faz ao ser indagado por Deus em relação a sua desobediência foi acusar a mulher:
"A mulher que me deste por companheira, me deu de comer da árvore, e comi."
Começava aí o direito do homem de desprezar a mulher, sob a pretensa prerrogativa de que foi por causa dela, de sua ingenuidade, que o homem fora expulso do paraíso. Que maldade.

Dissonância Cognitiva Última Parte: A Grande Manipulação


Já compreendemos que a dissonância cognitiva (DC) é algo útil a nossa sobrevivência. Mas é também um perigo em potencial quando restringe nossa visão da realidade nos impedindo de enxergar o óbvio. 
E não engane-se o amigo leitor, pois há quem estude métodos de aperfeiçoamento do uso da DC. Não como em filmes de ficção, em processos bizarros ou hilários, mas organizações cientes da importância de manter os sistemas financeiros, religiosos e políticos em um funcionamento harmonioso e repetitivo. A detenção do poder econômico por parte de grandes grupos e governos depende quase que exclusivamente da ignorância e desconhecimento de seu povo, caso contrário este se rebelaria e procuraria a parte que lhe cabe, uma vez que é este mesmo povo que empresta sua força de trabalho para a geração das riquezas.
Então é papel de quem conhece os mecanismos de controle aperfeiçoá-los para manter a roda girando.
Criar uma ilusão onde a maneira pela qual vivemos é perfeita e única. Convencendo cada indivíduo, dentro de seu próprio campo de vivência, que ele é especial e tem um papel físico, espiritual e fundamental dentro do sistema onde nasceu e vive. Baseando-se na seguinte teoria:
"Você é especial, não há ninguém igual a você, sua existência tem um propósito, seja nesta vida ou em outra, há de existir tal propósito, você precisa ter coisas, precisa alcançá-las, precisa vestir-se de determinada maneira, precisa ir a lugares específicos, envolver-se com determinado tipo de pessoas e descartar outros tipos, coma isso, beba aquilo, more aqui ou ali, etc; em uma lista infindável que sempre tem algum item novo de 'suma necessidade', onde, invariavelmente, meu papel é unicamente fazer o sistema funcionar tendo, sendo e vivendo aquilo que ele disponibilizou para mim."
Como em "O Mágico de Oz", Dorothy não quer viver sua realidade, ela quer mais, ela quer outros lugares e outras coisas pois é infeliz com o que tem, conforme o " professor Marvel " bem lhe diz, como o sistema que nos seduz oferecendo exatamente aquilo que sonhamos.


Não é incomum nos frustrarmos ao descobrirmos que nem tudo é o que parece e, como Dorothy, percebermos que aquilo que queremos está, na maior parte das vezes, exatamente nas coisas ao nosso redor e que sairmos da "estrada de tijolos amarelos" para cortarmos caminho pode ser muito perigoso.
Um número assustador de quase 90% das pessoas não sabe descrever a si próprio, desconhece seu papel na sociedade e não pensa no futuro de nossa espécie, ou seja, de nossos filhos.


Livros Proibidos da Bíblia: Enoque


O ano era 325 d. C. e a cidade era Nicéia de Bitínia onde, liderados por Constantino, os cristãos realizavam uma reunião para acertar os detalhes da "oficialização" do cristianismo. Conhecido como o "Concílio de Nicéia" essa reunião definiu datas, organizou festas, discutiu legalidades e, entre outras coisas, definiu o cânone bíblico, ou quais livros entrariam naquilo que hoje chamamos de Bíblia. Alguns dizem que foi mais por questões políticas do que teológicas ou doutrinárias mas, os livros "divinamente inspirados" entraram para o cânone e os "apócrifos", sem inspiração divina ou, ainda pior, redigidos pelo demônio em pessoa, foram descartados, alguns destruídos e outros trancados nos porões do Vaticano por séculos.
Neste conglomerado estavam algumas histórias capazes de provocar calafrios no cristão mais fervoroso, evangelhos diversos, segundo Pedro, Maria Madalena, Thiago e o medonho evangelho segundo Pseudo-Tomé, além de livros que contiam " informação demais" para os fiéis, que foram deixados no "calabouço" para não deixarem margem de dúvida sobre a fé que se organizava.
Um desses livros com informações "sobrando" é o de Enoque.
Mas quem é Enoque?
Enoque segundo a bíblia é bisavô de Noé, esse mesmo que o leitor deve estar pensando, o do dilúvio. Enoque era pai de Matusalém, avô de Lameque( filho de Matusalém) e bisavô de Noé ( filho de Lameque); a bíblia não dá detalhes sobre Enoque, só diz que ele andou com Deus e não foi mais visto, por que Deus o arrebatou aos céus.
Cristãos etíopes aceitam e mantêm o livro de Enoque em sua bíblia, e os manuscritos encontrados na cidade Qumram, na gruta 7, corroboram e completam aqueles dos etíopes. No entanto para o Vaticano os livros e manuscritos não possuíam valor "divino", com certeza uma desculpa para as histórias embaraçosas encontradas nos relatos do bisavô do messias diluviano.

Histórias Estranhas da Bíblia: Caim e Abel


Gênesis cap. 4 vers. 1-8
"E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu a luz a Caim, e disse:
Alcancei do Senhor um varão!
E deu a luz a seu irmão Abel; e Abel foi pastor de ovelhas e Caim lavrador da terra.
E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra em oferta ao Senhor.
E Abel também trouxe dos primogenitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para a oferta de Abel.
Mas para Caim e sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante.
E o Senhor disse a Caim: Porque te iraste? E porque lhe descaiu o semblante?
Se bem fizeres, não é certo que serás aceito?
E se não fizeres o bem, o pecado jaz a porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.
E falou Caim a seu irmão Abel; e estando eles no campo levantou-se Caim contra seu irmão Abel, e o matou."

A Cegueira da Fé

Em 25/04/15 um terremoto devastador atingiu o Nepal, um pequeno país situado ao sul do continente asiático. O desastre natural vitimou cerca de 7 mil nepaleses e causou destruição por todo aquele país.
É exatamente neste momento que demonstramos, como espécie, nossa solidariedade e nossa compaixão para com o outro ao, rapidamente, enviarmos ajuda a nossos irmãos que passaram pelo terror do acontecido. Mas é neste momento também que vemos manifestações de nosso despreparo e ignorância.
De uma maneira pérfida o que vi internet afora foi a demonstração da imbecilidade humana ao encontrar frases como:
"A mão de Deus é pesada, Ele está punindo a idolatria dos nepaleses."
"O terremoto no Nepal é a demonstração do poder de Deus para os seus cidadãos, para que eles abandonem seus 'demônios'."
"Aquele povo idólatra viu a mão de Deus."

Histórias Estranhas da Bíblia: Jó e a Tragédia que Virou Poema


Não é incomum ouvir:
"Fulano tem paciência de Jó."
Ao falarmos de alguém que possua uma paciência fora do comum.
Mas a alusão sobre a paciência ao livro veterotestamentário não condiz com o que está escrito na história sofrida e inacreditável do personagem bíblico.
Não há evidências que comprovem a época, nem a veracidade dos eventos do livro de Jó, tornando impossível a datação dos acontecimentos ali descritos. Tanto que rabinos ( mestres judeus), tanto quanto teólogos modernos procuram interpretar seu livro mais como uma poesia épica, como a epopéia de Gilgamesh por exemplo, do que como fatos reais.
O livro de Jó aborda a história do personagem, que dá nome ao título, como sendo altamente fiel a Deus, mesmo nas mais desesperadoras situações.
O relato começa quando os filhos de Deus vem apresentar-se diante de Dele e com eles satanás. Deus inicia uma conversa com satanás e diz que não há justo na terra como Jó. O acusador duvida e acha que se este sofrer blasfemará contra o criador.
É aí que a coisa fica estranha.
Deus dá plenos poderes para que o acusador retire todas as coisas do pobre Jó e que, tão somente, não lhe toque.
Que coisa estranha! Deus não é onisciente? Ele não sabe todas as coisas? Então ele sabe que Jó seria fiel todo o tempo? A quem ele quer provar algo aqui?
E mais: dar autorização a satã para que tome tudo de Jó? Como é que é isso?


sábado, 30 de maio de 2015

DEUS JUDAICO-CRISTÃO TEM UM PERFIL PSICOLÓGICO DE UM SERIAL KILLER

se o deus judaico-cristão, Jeová, tivesse se deitado no divã de Freud, quais seriam os diagnósticos? Provavelmente Freud, que era ateu, concluiria que estava tendo delírio e ele mesmo se trataria. 

Mas vamos supor que por alguns instantes, o suficiente para uma sessão de psicanálise, Freud passasse a acreditar em Deus. O que ele concluiria de um sujeito que mandou matar milhares pessoas (muitas vezes por vingança) e que se acha onipresente, mas tem baixa autoestima (gosta de ser adorado)?

Freud não chegou a traçar o perfil psicológico da divindade judaico-cristã, mas outras pessoas têm feito, em um exercício de questionamento da cristandade ou mesmo de brincadeira, como fez o estudante americano de psicologia que se assina na internet como A.B. Normal.